SEGUNDA REMESSA DA VACINA CONTRA A GRIPE JÁ ACABOU NO NÚCLEO CENTRAL E NO POSTO DO JARDIM PARAÍSO

SV_campanhavacinapernambuco__04252016_1-850x478Se o amigo leitor está pensando em acordar amanhã bem cedinho para enfrentar a fila da vacina no Núcleo Central de Saúde ou no posto do ESF do Jardim Paraíso, melhor dormir até um pouco mais tarde.

Segundo informações obtidas pelo blog, a segunda remessa de doses da vacina – distribuída ontem – foi toda consumida nesta quarta-feira, nesses dois pontos de vacinação. No Núcleo foram aplicadas 400 vacinas. No Jardim Paraíso, pouco mais de 300.

O blog apurou que os postos do Roque Viola e do Jardim São Jorge ainda tem vacinas em estoque, mas quem quiser tomar a vacina nesses dois locais terá que madrugar. Nesta quarta-feira, os dois postos – Roque Viola e São Jorge – aplicaram vacinas apenas até as 11:00 horas. Mesmo assim, cada um deles aplicou cerca de 200 vacinas e, portanto, não deve ter sobrado muitas para a quinta-feira.

O blog não teve informações sobre os demais postos – Jardim Municipal, Novo Mundo, Arapuã e JACB – onde também tivemos vacinação nesta quarta-feira. 

FESTIVAL DE TEATRO TERÁ ESPETÁCULO PREMIADO NA MANHÃ DESSA QUINTA-FEIRA. À NOITE, BAILARINA APRESENTA SOLO DE DANÇA

refugo1

Nessa quinta-feira, 05, a Trupe Dunavô, formada por Renato Ribeiro, Gis Pereira e Gabi Zanola, apresenta “Refugo Urbano”, no Teatro Municipal de Jales. A apresentação, que faz parte da programação do 8º Festival Nacional de Teatro, começa às 10h00 e a entrada é gratuita. No vídeo abaixo, matéria da Globonews sobre a Trupe:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

A Trupe Dunavô tem em seu histórico uma aclamada temporada no Centro Cultural São Paulo no ano de 2015, quando surpreendeu a todos estreando uma delicada fábula, que obteve enorme sucesso de público, chegando a esgotar ingressos na Sala Jardel Filho (a maior do Centro Cultural São Paulo, com cerca de 320 lugares). Nessa temporada de estreia, atraiu também os olhares da crítica especializada, recebendo duas indicações para o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem, nas categorias Melhor Atriz (Gabi Zanola) e Prêmio Sustentabilidade, categoria com a qual foi premiado. Em uma votação especial, organizada para escolher os melhores do ano, o espetáculo foi ainda eleito pelos leitores do Guia Folha como Melhor Espetáculo Infantil do Ano de 2015.

refugo“Refugo Urbano”, conta a história de dois palhaços vindos de universos particulares e completamente distintos, que a partir de um encontro improvável, passam a conviver e lidar com suas diferenças. Pamplona é uma catadora de lixo e Claudius, um lixeiro. Eles se encontram em um beco esquecido da cidade, e passam a ter um divertido convívio em meio ao improvável. Com brincadeiras circenses, corpo cômico, malabarismo e o divertido jogo do palhaço, a Trupe DuNavô diverte e surpreende o público com uma possível história de amor.

O espetáculo traz para o palco o resultado dos experimentos anteriores da trupe, pesquisando a máscara do palhaço e realizando intervenções urbanas, onde entraram em contato com a realidade das ruas do centro de São Paulo e de algumas periferias. Dessa forma, a Trupe aprofunda suas pesquisas em torno do tema do refugo urbano, colocando sobre essa realidade outra perspectiva, explorando o que há de mágico na fria e crua realidade de quem vive à margem na sociedade.

Quem explica essa experiência é Gis Pereira, uma das integrantes da Trupe: “Queríamos trazer muitas das experiências e histórias com as quais estivemos em contato durante a nossa jornada de intervenções urbanas pelas ruas de São Paulo. Um dos nossos objetivos era tratar do que é invisível na cidade e expor um universo com o qual ampliamos a nossa pesquisa e para o qual levamos a linguagem do palhaço. Pretendíamos, também, expor o amor, o encantamento, os conflitos, as decepções, as diferenças entre os indivíduos e uma série de outros sentimentos.”

Se você ainda não conhece o trabalho deste grupo, se programe para assistir este espetáculo, junto com sua família. As risadas e as emoções são garantidas!

después2

“Refugo Urbano” não é a única peça programada para esta quinta-feira, no Festival Nacional de Teatro de Jales. Às 20:00 horas, a Cia das Artes, de Campinas,  apresenta o espetáculo de dança “Después”. O solo da bailarina Ana Clara Amaral tem a direção de Eduardo Brasil e foi contemplado pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo 2015, na categoria circulação de espetáculo de dança.

A proposta da criação do solo de teatro dança “Después” baseia-se em uma sensação de “após a festa”. A temática das festas e bailes de carnaval ajudam a compor o cenário solitário de uma casa, onde uma mulher busca, a partir de sua realidade nua, criar devaneios para suportar a pós euforia da quarta-feira de cinzas.

CAMPANHA DO AGASALHO REPETE SUCESSO, DIZ LÚCIA CALLADO

campanha do agasalho 2016 01

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A população de Jales mais uma vez demonstrou sua solidariedade com as pessoas carentes. Milhares de peças foram arrecadadas na última terça-feira, dia 03, durante o arrastão da Campanha do Agasalho 2016.

Um mutirão formado pelas equipes da prefeitura e dezenas de colaboradores partiu de frente da SABESP, em uma carreata que percorreu ruas e avenidas de diversos bairros da cidade recolhendo cobertores, edredons, roupas de adultos e crianças, calçados e agasalhos que serão distribuídos às famílias carentes do município.

Segundo a primeira-dama e coordenadora da ação, Lúcia Helena Gomes Callado Moraes a campanha obteve êxito e mais uma vez superou as expectativas. “A comunidade participou efetivamente, doando agasalhos, roupas e outras vestimentas, fazendo da campanha um sucesso. O apoio que recebemos, mostra que os jalesenses são solidários, contribuindo para que o inverno seja mais ameno para os que necessitam”, enfatizou Lúcia.

O prefeito Pedro Manoel Callado Moraes também participou da campanha e agradeceu aos que contribuíram: “É uma causa sempre abraçada por todos. Eu agradeço por cada peça doada e a todos os envolvidos, em especial a Sabesp, cujo apoio foi fundamental”, destacou.

campanha do agasalho 2016 02O material arrecadado passará por uma triagem. Em seguida será organizada a distribuição às famílias cadastradas no Fundo Social de Solidariedade. Em 2015, o fundo arrecadou mais de 10 mil peças em boas condições de uso, que beneficiaram cerca de 500 famílias, residentes no município.

O arrastão contou com a colaboração da Sabesp, Sacra, Casa da Criança, Rotary Club e Interact, Trilheiros, Corpo de Bombeiro, Secretarias Municipais, Escola da Família, Coopersol, Policias Civil, Militar e Ambiental, colaboradores e voluntários.

PASSEIO CICLÍSTICO DA SANTA CASA REÚNE MAIS DE 150 CICLISTAS

santa casa DSCN4021

A notícia é da assessoria de imprensa da Santa Casa:

Mais um evento de sucesso promovido pelo setor de Captação de Recursos da Santa Casa de Jales juntamente com uma equipe de ciclistas de Jales que colaboraram com a organização do 3º Passeio Ciclístico, o qual bateu recorde em arrecadações somando um valor bruto de mais de R$ 6 mil com inscrições e também a venda de bebidas.

O evento aconteceu no último dia 1º de maio no Centro Integrado de Valorização ao Idoso – CIEVI e contou com a participação de ciclistas de 24 cidades e dois estados, Mato Grosso e Minas Gerais.

santa casa DSCN4315Para o provedor, José Devanir Rodrigues, Garça, foi um evento bem organizado e alcançou o objetivo. “Além de angariarmos recursos para a Santa Casa, tivemos o nome da nossa entidade divulgada em várias municipalidades, mostramos o trabalho sério e comprometido que realizamos. Parabenizo o setor de Captação de Recursos e a equipe de ciclistas que se empenharam para mais esse evento”.

O passeio surpreendeu os presentes que além de desfrutarem do café da manhã e o almoço realizado pela equipe de vôlei da 3ª idade, puderam participar de sorteios de brindes e show ao vivo.

A terceira edição do passeio teve o apoio da Prefeitura Municipal de Jales, Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo, Associação Off Rod, CIEVI, New Gráfica, Corpo de Bombeiro, Loja Porto Jales, Avijal, Bike Brasil, Bicicletaria Nova York, Radical Capacetes, funcionários da Santa Casa, ciclistas de Jales, Renê Drone Diskincon e rádio Nativa FM.

ÚLTIMO DIA PARA ALISTAMENTO ELEITORAL E TRANSFERÊNCIA DE TÍTULO COMEÇA COM FILA NO CARTÓRIO DE JALES

DSC01759-ed

 A quarta-feira começou movimentada lá pelos lados do Cartório Eleitoral, na Rua Sete, onde uma fila de mais de meio quarteirão já estava formada por volta das 09:00 horas. Para quem pretende votar em outubro, hoje, 04 de maio, é o último dia para o alistamento eleitoral e ou para solicitar a transferência do título.

Tudo indica que a fila deverá aumentar ao longo do dia, uma vez que nós, brasileiros, sempre deixamos essas coisas para a última hora. A maior parte das pessoas que estavam na fila, agora pela manhã, veio das cidades vizinhas, vinculadas ao Cartório de Jales.

Como se sabe, a Zona Eleitoral de Jales é a maior do estado, em número de municípios. Além de Jales, outros 09 municípios estão vinculados ao nosso Cartório Eleitoral: Aspásia, Dirce Reis, Mesópolis, Paranapuã, Pontalinda, Santa Albertina, Santa Salete, Urânia e Vitória Brasil. 

JUSTIÇA DE JALES CONCEDE LIMINAR QUE OBRIGA GOVERNO A CONTRATAR POLICIAIS

Segundo a Ação proposta pelo Ministério Público de Jales, cinco municípios da região – Mesópolis, Paranapuã, Pontalinda, Santa Albertina e Vitória Brasil – não contam nem com um delegado de polícia titular. Além disso, 30% dos cargos de investigador de polícia em Jales e região não estão providos. A notícia é do Diário da Região:

A Justiça concedeu liminar em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público e determinou que o Estado apresente, no prazo de 60 dias, cronograma de providências necessárias para garantir à Polícia Civil nos municípios da comarca de Jales o número mínimo de delegados de polícia, investigadores e demais servidores – conforme recomendado na Resolução 105 da Secretaria de Segurança Pública.

De acordo com a decisão, o descumprimento da liminar vai resultar em multa diária de R$ 500. O Estado pode recorrer da decisão. O MP propôs ação semelhante em Rio Preto para a imediata contratação de 76 policiais, mas até ontem não havia decisão.

CALLADO DEVOLVE ÚLTIMAS PORTARIAS

DSC01726-ed

Cerca de 80 servidores foram ontem à Câmara Municipal para receber de volta, oficialmente, as portarias que lhes havia sido tomadas pela administração da ex-prefeita Nice Mistilides. A devolução das portarias foi feita logo no início da sessão da Câmara, que foi suspensa por alguns momentos para que o prefeito Pedro Callado fizesse a entrega, individualmente, a cada servidor.

Callado, que cumpria uma promessa feita na última reunião, em abril, dividiu o momento com o presidente do Sindicato dos Servidores, José Luiz Francisco, o presidente da Câmara, Tiquinho, e com os demais vereadores.

No dia 18 de abril, ao final da última reunião, Callado – aborrecido com os vereadores Gilbertão e Jesus, que sugeriram que o prefeito estaria empurrando o caso das portarias com a barriga – disse que não compareceria ao evento em que as portarias seriam devolvidas. Ele, porém, pensou melhor e foi um dos primeiros a chegar à Câmara, ontem. Estava acompanhado dos assessores Francisco Melfi e Ivan Bertucci.

DSC01719-edEm meio à entrega, Callado chamou Gilbertão para tirar uma foto ao lado dele, mas alertou, brincando: “vê se não briga comigo…”. A reaproximação dos dois não ficou apenas na foto. Gilbertão convidou Callado – e o prefeito aceitou – para uma visita ao Jardim do Bosque, que seria feita hoje.

Nem tudo, porém, foi alegria. Pelo menos 10 servidores, por algum desencontro burocrático, acabaram não recebendo suas portarias de volta. Uma servidora protestou veementemente. Foi tranquilizada pelo presidente do Sindicato e pelo prefeito, que prometeram resolver, ainda nesta terça-feira, o caso dela e dos demais. Pelo jeito, a novela chegou mesmo ao fim.   

FRANÇA E MATOGROSSO DISPUTARÃO VOTOS DE SERVIDORES, PELO PRB

DSC01729-ed

A novidade já está tirando o sono do vereador Jesus Batista(DEM), representante dos servidores municipais na Câmara.

Alessandro Pereira, o grandão da foto acima, também conhecido como Alessandro Japonês, presidente do PRB local, confidenciou a este aprendiz de blogueiro, ontem, durante a sessão da Câmara, que o outro rapaz da foto – o França – será candidato a vereador nas eleições deste ano, pelo PRB.

França, cujo nome de batismo é Francisco Carlos Zanata, é servidor de carreira da Prefeitura há mais de 25 anos. Boa parte desse período foi passada no Cemitério da Consolação – o cemitério antigo – onde ele exerce várias funções, de coveiro a administrador do local.

A disputa promete ser boa, já que, além de França – que possui bom prestígio junto aos colegas servidores – o PRB terá entre os seus candidatos, o também servidor Lauro Figueiredo, o irrequieto ex-fogueteiro Matogrosso.

O PRB, para quem não sabe, é o partido do vereador Nenê do Pet Shop e de outro provável candidato a vereador, Vagner Sellis, o Pintinho. 

Nas eleições de 2012, o PRB era um dos partidos controlados pelo ex-vereador Henrique Macetão, que apoiou a então candidata Nice Mistilides. Nas eleições deste ano, no entanto, o PRB deverá tocar na mesma banda que tem o prefeiturável Flávio Prandi(DEM) como band leader

NESTA TERÇA-FEIRA, MAIS DUAS PEÇAS MOVIMENTAM O FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO DE JALES

Nesta terça-feira, o Festival Nacional de Teatro terá sequência com mais dois interessantes espetáculos. O primeiro deles, “Circo de Quintal“, para todas as idades, está programado para as 17:00 horas, na Praça ‘Euphly Jalles’. E o segundo, “Casa de Pólvora“, dedicado ao público adulto, será encenado no Teatro Municipal, às 20:00 horas. Abaixo, as sinopses: 

CIRCO DE QUINTAL   (17:00 horas – PRAÇA ‘EUPHLY JALLES’)

circo de quintal1O palhaço Popó tenta de todas as formas garantir o espetáculo e o circo, entretanto, o que pode fazer sendo que o único artista é ele mesmo. O espetáculo, apresentado pela Cia Teatral Amado Amado, de Birigui-SP, traz as tentativas atrapalhadas de um palhaço em manter seu “circo de um só palhaço”. A proposta é um convite ao lúdico e a forma não convencional do palhaço ver o mundo e as coisas a sua volta.

CASA DE PÓLVORA   (20:00 horas – TEATRO MUNICIPAL)

CASA DE PÓLVORAÀs 10 horas, deu-se a explosão da casa, o que abalou toda a cidade. Dentro dela, três irmãos permanecem alheios à destruição, em uma procura pelo corpo de sua mãe. As detonações estimulam uma transformação na estrutura da casa e da família. E ali dentro, sem telhado, podem ver o céu pela primeira vez.

A peça será encenada pela Colher de Pau Cia de Teatro, de Jaraguá do Sul-SC.

MARISA MONTE CANTA PARA ALUNOS EM ESCOLA OCUPADA NO RIO DE JANEIRO

A notícia é da Revista Fórum:

marisa monteA cantora Marisa Monte fez ontem (2) um show gratuito no Colégio Estadual André Maurois, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro. A instituição é uma das 76 ocupadas no estado por estudantes que lutam por melhores condições de ensino e infraestrutura nas escolas. O cantor Leoni, outro nome de peso da música brasileira, também participou da apresentação.

Em sua página oficial no Facebook, Marisa reforçou o apoio às reivindicações dos manifestantes. “São jovens estudantes batalhando pela educação e cuidando com amor do que é público. De forma organizada, cada um fazendo a sua parte e dando um exemplo para esse país”, escreveu. Ela ainda ajudou a divulgar uma lista de alimentos e materiais de limpeza necessários para a manutenção do acampamento.

JALES RECEBE MAIS 2.100 DOSES DA VACINA CONTRA H1N1. VACINAÇÃO RECOMEÇA NA QUARTA-FEIRA

DSC01746-pqA secretária de Saúde, Patrícia Albarello, confirmou o recebimento, nesta terça-feira, de mais 2.100 doses da vacina contra o vírus Influenza, que inclui o H1N1, da famosa gripe suína.

Uma emissora de rádio estaria anunciando, equivocadamente, que a vacinação já teria recomeçado hoje, provocando alguma confusão.

Segundo, no entanto, a enfermeira Renata Rachieli (à esquerda, na foto), da Vigilância Epidemiológica Municipal, as vacinas somente serão distribuídas aos postos de saúde agora no período da tarde e o mais provável é que a vacinação só recomece amanhã, quarta-feira.

A enfermeira explicou que o critério para distribuição das doses aos postos de vacinação é a quantidade de pessoas atendidas por cada um deles. O Núcleo Central de Saúde, responsável pelo atendimento de 1/3 da população vacinada no sábado passado, deverá receber a maior quantidade de doses. 

Entre os postos do ESF, os que deverão receber mais doses são as unidades do Jardim Arapuã e do conjunto Roque Viola. 

CÂMARA DE JALES APROVA DOAÇÃO DE TERRENO AO ESTADO PARA CONSTRUÇÃO DE ESCOLA

DSC02851-ED

A Câmara Municipal aprovou, na sessão de segunda-feira passada, a doação para a Fazenda Pública do Estado de São Paulo do terreno localizado à frente do Clube do Ipê, na esquina da Rua Dez com a Avenida Maria Jalles. O terreno, com quase 9.500 metros quadrados deverá ser utilizado pelo governo do Estado para a construção de uma escola.

A construção de uma nova escola estadual naquela região da cidade faz parte do acordo firmado em 2009, entre a Prefeitura e o governo do Estado, por ocasião da municipalização do ensino em Jales. A escola irá abrigar alunos da EM “Juvenal Giraldelli”, no Jardim Oiti, que foi municipalizada, mas, sete anos depois da municipalização, continua sendo utilizada pelo governo estadual.

O terreno que está sendo doado ao Estado pertencia ao Clube do Ipê e foi adquirido pelo município, em 2010, através de uma desapropriação amigável, que custou R$ 615 mil. Nele, o ex-prefeito Humberto Parini pretendia construir uma sede para a Secretaria Municipal de Educação, que, há anos, ocupa um prédio alugado na Avenida Francisco Jalles.

A administração Parini chegou a encomendar um projeto arquitetônico do novo prédio e, em abril de 2011, lançou a “pedra fundamental” (foto acima) da obra. Em julho de 2012, cinco meses antes do término de seu mandato, Parini assinou contrato com uma empreiteira de Fernandópolis, que venceu a licitação para construção da Secretaria, estimada em R$ 1,3 milhão.

A empreiteira, no entanto, nem conseguiu dar o pontapé inicial na construção, uma vez que, em agosto daquele mesmo 2012, a Justiça – acionada, através de um Mandado de Segurança, por uma das empresas que participou da licitação – suspendeu o início da obra.

Com a posse de Nice, a ideia de se construir um prédio para a Secretaria de Educação foi arquivada. E tão cedo não será desarquivada, já que o terreno adquirido para essa finalidade está sendo doado.

Em tempo: a lei aprovada diz que o governo estadual terá o prazo de dois anos – prorrogável por mais dois – para construir a escola. Transcorrido o prazo sem que a escola seja ao menos iniciada, o terreno voltará a integrar o patrimônio do município.  

FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO TERÁ ESPETÁCULO INTERNACIONAL NESTA SEGUNDA-FEIRA

O terceiro dia do Festival Nacional de Teatro de Jales terá um espetáculo internacional. Nesta segunda-feira, às 20:00 horas, a Cia Primos Hermanos, da Argentina, se apresenta no Teatro Municipal, com a peça “Problemas Técnicos“. Antes, porém, às 14:00 horas, também no Teatro Municipal, teremos o espetáculo infantil “Libel“. Eis as sinopses:

LIBEL  (14:00 horas – TEATRO MUNICIPAL)

festival libelO Espetáculo, encenado pela Cia Fábrica de Sonhos, de São José do Rio Preto-SP, nos fala sobre a história de Libel, uma garota filha do melhor sapateiro da região, que, além de tímida, é vitima de bullyng social. Por meio de uma experiência lúdica, a jovem vê seu pai transformar-se em diversos heróis de sua infância, ajudando-a a superar seus temores infantis.

PROBLEMAS TÉCNICOS  (20:00 HORAS – TEATRO MUNICIPAL)

festival problemas técnicosDiante da ausência, sem aviso prévio, do elenco programado e com o público esperando o inicio do espetáculo, dois técnicos de uma sala de teatro decidem sair de seus lugares anônimos e se arriscam a serem atores por alguns momentos.

A peça, como já se disse, será encenada pela Cia Primos Hermanos, de Mar del Plata, Argentina. Faixa Etária: Adulto.

FUNDO SOCIAL REALIZA ARRASTÃO DA CAMPANHA DO AGASALHO NESSA TERÇA-FEIRA

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

campanha do agasalhoA Campanha do Agasalho, organizada pelo Fundo Social de Solidariedade de Jales, definiu o dia do arrastão da solidariedade, que vai percorrer os bairros da cidade para a coleta de doações. Será na terça-feira, 3 de maio, com saída às 18 horas,  em frente a SABESP. 

A ação tem como tema “Roupa Boa a Gente Doa”, conclamando a população a participar doando roupas, agasalhos, calçados, enxovais e cobertores em bom estado.  

As doações também poderão ser feitas nos postos de arrecadação instalados em pontos da cidade, igrejas, prefeitura e na sede do Fundo Social, localizado na Rua 6, n° 2338, no centro. 

Segundo a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lúcia Helena Gomes Callado Moraes, a comunidade sempre colaborou com a campanha e a expectativa é repetir o sucesso do ano passado. “As doações objetivam atender às famílias carentes, e os jalesenses, irmanados pela solidariedade, vão apoiar e participar da campanha”, comentou Lúcia. 

Após o arrastão, será feita a triagem das roupas, que serão destinadas a cerca de quinhentas famílias em situação de vulnerabilidade, cadastradas no Fundo Social. A expectativa é que os agasalhos sejam entregues na primeira quinzena de junho. 

A ação vai contar com o apoio das secretarias municipais, Sabesp, clubes de serviços, Polícias Militar, Civil e Ambiental, Corpo de Bombeiros, colaboradores e voluntários.

NO ROQUE VIOLA, CAMPO DE FUTEBOL RECÉM-REFORMADO SERVE DE PASTO A ANIMAIS

DSC01689-ed

As traves de um dos gols, como se vê na foto, até já foram arrancadas. Durante o dia, a grama do campo serve de repasto a alguns animais. À noite, as arquibancadas recém-construídas servem de local para reuniões do pessoal que gosta de “viajar” e, vez ou outra, são utilizadas, também, para a prática de sexo ao ar livre.

O campo de futebol do conjunto habitacional “Roque Viola”, tem sido utilizado para muita coisa, menos para a prática do futebol. A contratação da construtora Oliveira e Araújo Ltda, em dezembro de 2012, para fazer uma reforma no campo, foi uma das últimas ações do governo Parini.

A repaginação do campo, que incluiu a construção de arquibancadas e colocação de alambrados, se deu em 2013, já na administração da ex-prefeita Nice Mistilides. Ela – a reforma – custou R$ 108 mil, pagos com dinheiro destinado pelo governo estadual. Não se pode dizer que foi dinheiro jogado fora, já que pelo menos as arquibancadas estão servindo para alguma coisa.

1 2 3 614